11/10/2013 Posição do Sinpol-RS sobre mudanças na lei de subsídios

A proposta da lei de subsídios adotada pelas entidades sindicais dos policiais civis foi tirada em assembleia geral reconhecida pela categoria e representa um ganho real para os policiais do Estado, não negamos o debate sobre novos avanços, mas esses que sejam construídos nas reuniões sindicais e com os policiais civis.

O Sinpol-RS vem aplicando as deliberações tiradas em Assembleia Geral da categoria, de 11 de Julho de 2012, onde se encaminhou uma proposta de implementação de subsídio, aprovado por unanimidade que é a lei n° 14.073/2012.

A Associação dos Comissários da Polícia (ACP) não participou das reuniões da categoria para discutir a lei de subsídio, optou por defender outra proposta, que foi refutada em Assembleia Geral.

Esta postura é um reflexo da irresponsabilidade de um pequeno grupo de Comissários que compõe a associação que visa retroceder os avanços conquistados pela atuação do Sinpol-RS e da Ugeirm pela valorização dos policiais civis do Estado.

Nenhum passo atrás

O Sinpol-RS reafirma a decisão tomada em Assembleia Geral da Categoria sobre a Lei de Subsídios, que é um avanço real de ganhos. Continuaremos lutando pela constante valorização dos servidores da policia civil, buscando melhores condições de trabalho, correção inflacionária da tabela de subsídios e pela modernização das nossas carreiras, como a lei n° 11.000/97, que trata do ato de bravura e invalidez na função policial.

O sindicato não é contra qualquer aumento salarial, para isso somos parceiros. Mas essa discussão tem que trazer todas as entidades para uma mesa de negociação.


 

Postada por Carlos Matsubara