10/06/2019 SINPOL RS COMEMORA SEUS 30 ANOS!photo

Às 15h de sábado, dia 10 de junho de 1989, no auditório Cícero do Amaral Viana, no Palácio da Polícia, avenida João Pessoa, 2050, nesta Capital, foi dado início à Assembleia Geral Extraordinária que ao final, determinaria a criação do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul, na época SERVIPOL.

A primeira sede provisória foi na rua Lobo da Costa, 480. Hoje a sede própria da entidade localiza-se na Rua Leopoldo Bier, 454, bairro Santana na Capital gaúcha.

A primeira diretoria e conselhos fiscais provisórios, eleitos para a nova entidade era formada pelos seguintes nomes: Presidente: Renato Rosa de Souza; Vice-presidente: Fernando George Maciel Fernandes; Sec. Geral: Antônio Carlos Paz; 1° Secretário: Juares Carlos Hoy; 2° Secretário: Flávio da Silva Mariano; 1° Tesoureiro: Carlos Roberto Correa Lagarreta; 2° Tesoureiro: Aldoir Prates; Dir. Depto. Jurídico: Carlos Estevão Marques Filho; Dir. Depto. Cultural: José Elon Lírio de Oliveira; Dir. Depto. Assistencial: Luiz Carlos Barreto; Dir. Social: Rosângela Vaz; Conselho Fiscal: Júlio César de Paula Guedes, Jair Oliveira, Jorge Pinho Loeffler, Paulo Lucas Moura, Delmar Santos; suplentes: Washington Wines Filho, Falvemback Costa Amaro, Valter José Pinheiro.

E os primeiros policiais associados ao SERVIPOL foram Luiz Antônio Bittencourt (DECON), Conceição Teixeira da Silva, Alonir Jorge Santana, José Elon Lírio de Oliveira (DP Carazinho), Luís Carlos Gomes (DP Cachoeirinha), Eroí Veiga de Assis (DINP), Oziris Machado dos Santos (Assistencial), Fernando George Maciel Fernandes (1° DP Caxias), Paulo Victor Roland Neto (DP Osório), Lia Mara dos Santos Soares (DP Cachoeirinha), Luis Carlos Campagnolo Barreto (8° DP), Edson Van Der Laan (DETEL), Delvino Fochezatto (I.C), Alfredo Luís Pinheiro (I.C) e Renato Rosa de Souza.

Mais tarde, em 26 de novembro de 2009, também em Assembleia Geral, foi aprovada a alteração da denominação do SERVIPOL e este passou a chamar-se SINPOL RS.

De lá pra cá, passaram-se 30 anos de inúmeras batalhas travadas em favor da categoria e importantes vitórias conquistadas em benefício dos policiais. Após três décadas, a luta não enfraqueceu e a mesma motivação que fez surgir uma entidade que represente todos os servidores da Polícia Civil com abrangência em todo o Estado do Rio Grande do Sul segue guiando a atual diretoria.

“No dia em que completamos 30 anos, nossos parabéns vão aos filiados que contribuem ao longo do tempo dando força e legitimidade à nossa luta. Ressaltamos nosso orgulho por termos uma história pautada na idoneidade e transparência sem qualquer vínculo ideológico ou político que possa prejudicar nossa credibilidade na hora de debater com o governo as pautas de nossos representados”. Emerson Lopes Ayres, Presidente do SINPOL RS.

Postada por Mariana Weber