03/04/2019 Presos sete suspeitos de envolvimento em pelo menos 10 homicídios na Região Metropolitanaphoto

Alvos de operação policial seriam executores contratados por duas facções rivais de Canoas e Nova Santa Rita; também foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão


A Polícia Civil realizou operação, na manhã desta quarta-feira (3), para prender sete suspeitos de serem executores de duas facções criminosas rivais de Canoas e Nova Santa Rita, na Região Metropolitana. Eles seriam responsáveis por ao menos 10 homicídios, ocorridos entre 2017 e 2018.

Segundo o delegado Thiago Carrijo Fraga, da Delegacia de Homicídios de Canoas, que conduz as investigações, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e sete de prisão nas duas cidades e em São Leopoldo e Novo Hamburgo. Sessenta policiais civis participaram da ação, inclusive com o apoio de um helicóptero.  

A chamada Operação Divisa apura ainda atentados ocorridos na Região Metropolitana. De acordo com a Polícia Civil, integrantes dos grupos criminosos investigados gravaram ameaças como não vai sobrar ninguém e está aberto o açougue.

Os suspeitos presos são todos de Nova Santa Rita e teriam sido contratados pelos líderes dos dois grupos rivais. Carrijo não está divulgando os nomes dos detidos porque a investigação continua.

FONTE: GaúchaZH
FOTO: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Postada por Mariana Weber