21/11/2018 Policial Civil encontra bomba na soleira de sua janelaphoto

Bomba é colocada na casa de policial gaúcho” é destaque hoje em um importante veículo de comunicação da capital, o fato é que, Patrício Jardim Antunes, policial civil gaúcho, encontrou no amanhecer de segunda-feira (19) junto à janela de sua casa, em Dom Pedrito, restos de uma fogueira e uma térmica com conteúdo pesado que o lhe causou estranheza. Mais tarde, o Grupo de Ações Táticas, Gate, confirmou que tratava-se de uma bomba com potencial para danificar consideravelmente o imóvel e que trazia riscos importantes à família, o artefato só não explodiu por acionamento incorreto.

“Recebi tantas ameaças nos meus oito anos de Polícia que jamais imaginei que poderia acontecer”, revelou o policial.

Jardim é casado com uma agente penitenciária e tem dois filhos. A família teve que se retirar do imóvel até que o artefato fosse detonado em um terreno baldio próximo.

Policiais civis são garantidores da segurança pública, e ao longo de suas carreiras sofrem diversas ameaças às suas famílias e a sua integridade física. O que não se pode admitir é, que os criminosos tenham a ousadia de atentar contra a vida dos policiais, dos agentes penitenciários ou de qualquer outro setor da segurança.

O ocorrido aconteceu para reafirmar a importância de repensar as políticas de segurança pública, os policiais não podem trabalhar acuados, temendo os riscos a si e a suas famílias.

Postada por Mariana Weber