» A sociedade não suporta mais tanta impunidade

photo

É muito louvável que os defensores dos direitos humanos reprovem e digam que o que ocorreu em frente ao Hospital Cristo Redentor em Porto Alegre, na tarde do dia 22/04/2016, foi uma “ode” à barbárie e que os “meninos” não precisariam ser mortos por policiais agressivos. A sociedade não suporta mais tanta impunidade. Os policiais, que estão fazendo o seu trabalho de defesa da sociedade, não têm culpa, assim como estes jovens que se armam e buscam uma vida melhor, também não têm. Se a POLÍCIA, a instituição ligada ao Estado, tem culpa, esse é outro problema. Se o Estado não se coloca dentro das comunidades para prestar o seu dever, oferecer educação e saúde a este povo trabalhador e seus filhos, deve-se culpar o Estado e seus governantes e não os trabalhadores policiais que estão, acima de tudo, defendendo suas vidas e do restante da sociedade. Estou falando da sociedade que trabalha, que está na rua pegando ônibus, estudando, procurando postos de saúde abarrotados. Esta sociedade é que precisa de ajuda. Os defensores, garantidores do direito, esquecem que os trabalhadores e suas famílias não têm o que as famílias e os próprios presos têm. No presídio, os presos têm direito a advogado, assistente social, psicólogos, comida com cardápios feitos por nutricionistas, médico, dentista, vacinas e um ambiente seguro, e ainda uma bolsa auxílio para que suas famílias não fiquem desamparadas. Além do que, e mais absurdo, são as visitas de prostitutas à domicílio, ou seja, nas celas. O trabalhador que vive nas suas comunidades tem tudo isso? O Estado dá toda essa proteção ao trabalhador? Se o preso morrer sob custódia do Estado, a família tem direito a uma indenização do Estado, além de uma pensão. O trabalhador que morrer na rua, vítima de violência, tem? Os policiais, trabalhadores da segurança pública, com seus equipamentos hiper inferiores aos dos bandidos, têm culpa ao fazer a sua defesa e dos outros trabalhadores? Por favor, defensores, critiquem o Judiciário corrupto, critiquem o Legislativo corrupto, critiquem o Executivo corrupto. Todos somos vítimas!! Chega de fazer a defesa dos bandidos como se fossem eles, e somente eles, os coitadinhos resultados desta política estatal. Todos somos vítimas, mas neste momento se tem que ter prioridades, que seja com os trabalhadores e não com os que andam à margem da lei, à margem da sociedade trabalhadora. Chega!

Sandro Quevedo Escrivão de Polícia Diretor do Sinpol-RS

25/04/2016 Autor: Sandro Quevedo

CLIQUE AQUI E ASSOCIE-SE!

Endereço:
Rua Leopoldo Bier, 454,
Santana, Porto Alegre - RS - BR.

55 51 3217-1001

55 51 98169-6008

comunicacao@sinpolrs.com.br

Newsletter - Cadastre-se

LOCALIZAÇÃO


Exibir mapa ampliado